Area for customer | login: password:

18.08.2009

Pakistan will import 300 thousand tons of raw sugar-government

ISLAMABAD, 18th August (Reuters) – Pakistan informed Tuesday that they will import 300 thousand tons of raw sugar, just days after starting bidding to import 75 thousand tons of white sugar to avoid a possible shortage.

The decision came during a government meeting presided over by Premier Yusuf Raza Gilani to discuss the availability of sugar during the sacred month of Ramadan, which starts this week. Consumption of sugar increases during this month as people traditionally break their period of fasting with sweets.

“During the meeting it was decided to import 300 thousand tons of raw sugar over the coming months” Gilani’s cabinet stated in a communiqué after the meeting.

Last week Pakistan started bidding to import 75 thousand tons of white sugar which will end on 29th August. The bids will be opened on that date.

The decision to purchase white and raw sugar was made after heavy increases in domestic prices of the commodity.

Pakistan has already purchased 125 thousand tons of white sugar this year after a decision made in February to import 200 thousand tons to attend demand and control prices, after production fell to an estimated 3.2 million tons for the 2008/09 crop, down from 4.7 million tons the year before.

Annual consumption of sugar in Pakistan varies from 3.6 to 4.2 million tons, but industry authorities stated that the volume has fallen since October on account of the high prices and economic slowdown which has resulted in a smaller demand from industries such as manufacturers of beverages.

(report from Augustine Anthony and Zeeshan Haider)

=====================

Paquistão importará 300 mil t de açúcar bruto--governo

ISLAMABAD, 18 de agosto (Reuters) - O Paquistão informou nesta terça-feira que irá importar 300 mil toneladas de açúcar bruto, dias após lançar uma licitação para importar 75 mil toneladas de açúcar branco para evitar uma possível escassez.

A decisão foi tomada durante uma reunião governamental presidida pelo premiê Yusuf Raza Gilani para discutir a disponibilidade de açúcar durante o mês sagrado do Ramadã, que começa nesta semana.

O consumo de açúcar durante este mês aumenta uma vez que as pessoas tradicionalmente quebram o seu período de jejum com alimentos doces.

"Na reunião foi decidido importar 300 mil toneladas de açúcar bruto nos próximos meses", disse o gabinete de Gilani em comunicado após o encontro.

Na última semana, o Paquistão lançou uma licitação para importar 75 mil toneladas de açúcar branco que vai fechar em 29 de agosto. As ofertas serão abertas nesse dia.

A decisão de comprar açúcar branco e bruto foi tomada após os preços domésticos da commodity exibirem fortes altas.

O Paquistão já comprou 125 mil toneladas de açúcar branco este ano após uma decisão tomada em fevereiro de importar 200 mil toneladas para atender à demanda e controlar os preços após a produção cair para estimadas 3,2 milhões de toneladas no ano-safra de 2008/09, ante 4,7 milhões de toneladas no ano anterior.

O consumo anual de açúcar no Paquistão flutua entre 3,6 milhões e 4,2 milhões de toneladas, mas autoridades da indústria disseram que o volume caiu desde outubro por conta dos elevados preços e da desaceleração econômica que resultou em uma demanda menor de indústrias como fabricantes de bebidas.

(Reportagem de Augustine Anthony e Zeeshan Haider)

REUTERS